• RSS feed
  • Twitter
  • Facebook
  • Google+
  • YouTube
  • LinkedIn
 

Solar Térmico TiSUN® | Sistemas Coletivos

Atendendo à crescente evolução que nos é imposta pela eficiência energética cada vez mais exigente, e tendo em conta vários factores que contribuem para facilitar o acompanhamento das instalações garantindo que as mesmas se mantenham a funcionar nas devidas condições, a Canalcentro em cooperação com parceiros credenciados, tem vindo a apresentar ao mercado instalações colectivas que permitem garantir o máximo de eficiência.

solar coletivo
 

Estas instalações coletivas de solar térmico, têm sido alvo de um acompanhamento que vem provar o nosso preciosismo neste tipo de instalações. É sem dúvida uma solução pensada desde o início da construção dos prédios, que é apresentada com base nos requisitos mínimos legais exigidos pelo regulamento em vigor, mas que fisicamente apresenta mais valias bastante acima do esperado.

 

A Canalcentro acompanha de perto estas instalações, para que os sistemas permaneçam a funcionar com a optimização exigida por quem compra um produto de excelência. Com a instalação coletiva dos painéis solares da TiSUN®, conseguimos um enquadramento mais homogéneo, e um efeito mais agradável do ponto de vista estético, garantindo uma melhor performance de todo o processo, pois todos os coletores funcionam para todo o sistema, evitando que existam coletores em estagnação.

Neste ponto podemos optar por colocar colectores de grande superfície, que facilitam imenso a instalação, poupando os recursos de mão-de-obra e evitando inúmeros problemas com a redução de pontos de fuga, acompanhando o efeito estético pretendido. Com as inclinações acertadas em fase de projecto de arquitectura, poderemos conseguir uma instalação com os colectores faseados, sem prejudicar o E-solar. A acumulação é sempre feita com sistema de estratificação, através do termoacumulador de inércia pro-heat, que permite concentrar na parte superior do depósito toda a energia captada pelos painéis.
Beneficiamos ainda de uma acumulação que não nos obriga a uma desbacterização, o que implica poupanças a todos os inquilinos não sendo necessário por isso garantir os 60ºC na água, poupando assim energia no seu aquecimento e consequentemente diminuir as perdas daí resultantes. Com um controlo elaborado, garante-se que toda a energia acumulada, esteja disponível quando o utilizador abre a torneira, para que a fonte térmica de apoio funcione o menos possível. Para tal, optamos por colocar permutadores de placas dentro de cada apartamento, seguidos de uma válvula termostática garantindo assim um bom funcionamento do esquentador termoestático.
Com o esquema de instalação referido, analisámos durante o mês de Fevereiro que muitíssimas instalações já não recorrem à fonte de apoio. Com a análise efetuada garantimos que a poupança é uma certeza, pois não existem resistências eléctricas, nem acumulação de AQS.
Associando a todos estes pontos o facto do utilizador apenas ter um permutador de placas, uma misturadora termostática e um esquentador termoestático na sua habitação, garantindo o máximo espaço possível, oferendo todo o conforto que lhe é devido.
Quando pensamos na manutenção, todos terão a vida facilitada; o instalador que apenas trabalhará na central técnica, e os utilizadores que não necessitam de estar em casa no dia na revisão ao sistema. Analisando os custos da mesma, estes serão divididos por todos os inquilinos por permilagem, tal como acontece com os restantes sistemas comuns, permitindo entre eles uma enorme poupança.
A Canalcentro garante ainda que todas as instalações ficam a funcionar devidamente, usando o seu serviço de assistência técnica para executar o enchimento, arranque e afinação do sistema.